BOLSITAS BRASA

Conheça os seis estudantes que formam a geração pioneira de Bolsistas BRASA.

SOLANGE MELISSA OLIVEIRA

Stanford University, 2023

Sou a Melissa, tenho 17 anos e sou de Manaus, mas moro em São Paulo desde 2012. Vivo aqui na capital com minhas duas mães e duas irmãs e me formei no colégio Anglo Leonardo da Vinci, com bolsa integral, em 2018. Em 2019, irei estudar Ciências Políticas em Stanford, nos EUA.

 

No ensino médio, descobri a paixão por educação ao criar um projeto de aulas de reforço gratuitas, com metodologia individualizada para alunos de duas escolas públicas. Meu interesse por igualdade de gênero surgiu em casa, pelo exemplo das minhas duas mães e se fortaleceu com meu engajamento em pesquisas científicas sobre o tema, minha liderança frente ao coletivo feminista da minha escola e o blog de minha autoria para democratizar o acesso a informações sobre o tema.

 

Em Stanford, pretendo unir minhas duas principais paixões - educação e igualdade de gênero – à política , uma área que acredito que precisa ser revolucionada no Brasil. 

JOSÉ HENRIQUE LIMA

Jagiellonian University, 2021 

Sou o José Henrique, tenho 20 anos e sou de Mogeiro (PB). Estudo Relações Internacionais em Jagielloński em Cracóvia na Polônia.

Cresci em uma família humilde, na qual as pessoas têm que escolher entre trabalhar e estudar. Vi na educação um caminho para construir uma história diferente para mim. No ensino médio do instituto federal, colaborei no desenvolvimento de uma pesquisa científica para adaptar materiais pedagógicos para surdos, desenvolvi um dicionário eletrônico de imagens e criei um aplicativo social educativo, o “Opining”, para incentivar jovens a se engajar em debates. Fundei o Comitê da Juventude do Território do Vale do Paraíba voltado ao resgate de tradições de sua cultura afro-brasileira e empoderamento de jovens negros. Fiz vaquinha, bingos, rifas, palestras, vendi doces e feijoada para realizar meu sonho de estudar fora, adquirir o conhecimento para futuramente me tornar um diplomata e contribuir para o desenvolvimento do Brasil no cenário global.

JOÃO VICTOR QUINTANILHA

Tufts University, 2023

Sou João, tenho 19 anos e sou de Goiânia (GO). Em 2019, começarei a estudar Ciência da Computação e Biotecnologia em Tufts, nos EUA.

 

Cresci num bairro periférico da minha cidade, recheado de criminalidade e prostituição. Nesse cenário e com
pai dependente químico, consegui uma bolsa de estudos no SESI, onde pude ter uma educação de qualidade que me levou a oportunidades únicas na vida. Co-fundei a primeira equipe de ciências da minha escola e com ela comecei a empreender com o Plastisseiros, ao criar um travesseiro feito de sacolas e copos plásticos. Desenvolvi um estudo para o uso de uma semente típica do Brasil com o objetivo de limpar águas poluídas e me envolvi em outros projetos científicos que me levaram à NASA e à Harvard.

 

Em Tufts, quero desenvolver minha paixão pela ciência para, no futuro, promover um maior impacto de projetos científicos no Brasil.

MARINA ROCHA ROSIGNOLI

Northwestern University in Qatar, 2023

Olá, eu sou a Marina e em agosto embarco para o Catar para estudar Jornalismo na Northwestern University. Nasci em Ubá (MG) e hoje moro no interior do Rio de Janeiro.

Estudei em escolas públicas da rede estadual ao longo do ensino médio, mas tive a oportunidade de passar seis meses na Colômbia, onde ampliei meu horizontes, nutrindo a vontade de estudar em uma universidade com ensino interdisciplinar no exterior. Para custear minha candidatura a faculdades estrangeiras, criei minha própria empresa de doces. Ao concluir o Ensino Médio, me dediquei mais a minha paixão por igualdade de gênero, recebendo uma bolsa para ir à sede das Nações Unidas em Washington D.C conversar com senadores americanos no congresso americano e participar da conferência Girl Up.

 

Em minha trajetória, pude ver de perto as falhas que circundam a educação brasileira, e é pensando nisso e nas desigualdades entre gêneros em diversos setores que me motivo a aprofundar meu autoconhecimento e me desenvolver no exterior para, no futuro, contribuir para o fortalecimento da democracia brasileira.

FELLIPE COUTO

Minerva Schools at KGI, 2023

Sou Fellipe, tenho 20 anos e sou de São Gonçalo (RJ). Em 2019, começarei meus estudos em Ciência da Computação e Administração em Minerva.

 

No Ensino Médio, fui medalhista de olimpíadas científicas de química e robótica, fui selecionado em um projeto de iniciação científica sobre dengue na Fundação OswaldoCruz, desenvolvi um veículo de exploração espacial para uma competição da NASA - recebendo duas premiações internacionais - fundei a primeira escola de tecnologia de São Gonçalo e dirigi um curta-metragem sobre a vida de refugiados no Brasil que recebeu reconhecimento da ONU.

 

Quero me desenvolver como líder global em Minerva e retornar ao Brasil para transformar a vida de toda a comunidade carioca por meio da tecnologia e da educação.

MAYCON CESAR SANTOS

Tufts University, 2022

Sou de Janaúba (MG) e tenho 20 anos. Hoje, estudo Economia Quantitativa e Educação em Tufts, nos EUA.

Sempre estudei em escola pública da rede estadual de Minas Gerais e fui o primeiro da minha família a ter acesso ao ensino superior. No ensino médio, fui medalhista de olimpíadas científicas, participei de projetos de pesquisa e iniciei o projeto Brazil4Education, uma iniciativa que promove o ensino de programação e modelagem 3D entre comunidades sub representadas, como a LGBTQI+, mulheres e negros. Os simuladores educacionais e jogos com propósito acadêmico desenvolvidos no projeto são doados a escolas públicas.
 

Venho participando de programas de liderança promovidos por organizações como U.S Department of State, Assembléia Legislativa de Minas Gerais, The Clinton Foundation, Latin American Leadership Academy, Women Deliver e UNESCO, para contribuir cada vez mais para modernizar a educação e reduzir desigualdades educacionais no Brasil.

  • LinkedIn ícone social
  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • YouTube

©2020 by Bolsas BRASA. Proudly created with Wix.com